2021

Descolonização do Conhecimento: Contribuição da África do Sul e Brasil

Pós doutorado em Visual History and Theory no Centre for Humanities Research (CHR) Flagship for Critical Thought in African Humanities da University of the Western Cape UWCT,  Cape Town, South Africa financiado pelo National Research Foundation NRF/RISA.

 

O projeto de pesquisa aborda os temas da restituição de artefatos africanos por museus europeus e a re-imaginação de um novo museu na África, como uma forma de descolonização concreta, por meio da análise do situato debate africano. O contemporâneo movimento iconoclasta vivido no continente africano ecoa uma experiência semelhante dos povos Indígenas da América Latina, parte de minha pesquisa anterior, por meio de uma análise da linguagem visual que questiona a prática da memória e a definição da estética a partir de uma perspectiva do Sul. Olhando para a restituição e os museus, o estudo também concentra-se no patrocínio por trás dos museus africanos no continente e na geopolítica das finanças relacionadas ao mercado de arte africano. A pesquisa visa repensar os regimes de conhecimento e a natureza da indústria cultural e da académia em relação à compreensão hegemônica das hierarquias do conhecimento e do mercado de arte, e sua localização particular nas estruturas de poder. Fá-lo estabelecendo um diálogo entre as produções artísticas e culturais originadas por artistas e estudiosos do Sul.

 

Publicações 

BUROCCO, L., 2021. CURA e Vozes Contra o Racismo: pratiche artistiche e curatoriali di Contro Colonizzazione dal Sud, Roots§Routes, Special Issue § Anche Le Statue Muoiono  Anno XI, N°35, Gennaio -Aprile 2021;

BUROCCO, L., 2021. The Forest on the Walls. Notes on Indigenous Street Art, Nuart Journal, Issue V, The Writing's on the Wall, Expanded Issue Spring 2021, (accepted for publication).